Ladrão atrapalhado é preso após deixar celular cair na cena do crime no Piauí

Um homem foi preso suspeito de roubar R$ 1.200 de um idoso nesse sábado (24) na cidade de Sigefredo Pacheco, Norte do Piauí. Segundo a Polícia Militar, a prisão só foi possível porque o assaltante atrapalhado deixou o celular dele cair na cena do crime e diante das provas, ele assumiu autoria.

"A vítima tinha costume de guardar notas no bolso, o assaltante tomou conhecimento e a seguiu até em casa. O idoso contou que estava dormindo, quando se deparou com o suspeito em cima dele e o bolso da sua calça rasgado. Eles ainda entraram em luta corporal, sem perceber o celular do criminoso caiu e o mesmo fugiu com o dinheiro", relatou o sargento Luiz Ferreira Cunha.

Após serem acionados, os policiais foram até a casa do idoso e o investigar o local do crime encontram um celular tocando com a ligação da mulher do suspeito. Ao analisar o histórico de chamadas, a polícia reconheceu os contatos de moradores de Jabotá do Piauí e acionou o Grupamento da Polícia Militar (GPM) da cidade vizinha.

"Ao chegar na casa do suspeito em Jabotá do Piauí, a mulher dele informou que o mesmo não estava e reconheceu o celular como sendo do seu marido. Após diligências pela cidade, o criminoso foi encontrado na rua com o dinheiro da vítima no bolso e ao ser preso em flagrante confessou o crime. O suspeito foi encaminhado para Campo Maior, onde a delegada aguarda o depoimento dele e o valor apreendido será devolvido a vítima", disse o sargento.

Conforme a polícia, o suspeito tem várias passagens por assaltos, inclusive cumpriu pena pelo roubo ao banco de São Miguel do Tapuio e uma prefeitura da região.

 

fonte g1